sexta-feira, 20 de agosto de 2010

É preciso

Há momentos que é preciso fazer diferente
Algumas vezes temos que resistir a tudo que impera
E levantar a cabeça a cima do rebanho
Para soltar um brado com vontade
Em certas ocasiões é mais que importante que não pisemos na grama
Por vezes é importante ser grama!
Nem é tão difícil...
Já que pisados somos todos os dias
Em determinados momentos temos que pescar
E que seja nos momentos necessários apenas
A duras penas temos que seguir fazendo nossa parte
Mesmo que nenhuma parte faça
Quando pescar por vezes devemos ser mais que peixes
Temos que ser mar
É bom sempre se lembrar de não sujar nada
Pois muito sujo, sempre fomos
E como é importante desconstruir construindo...
Desconstruir quebrando já fazemos há séculos!
Por vezes é importante caminhar na contramão
Mesmo que seja só de sacanagem
Mesmo que seja para respirar melhor
E sentir a brisa nos tocar com mais força
Acontece quando vamos de encontro ao vento
E quando no fim de semana viajamos
Devemos pensar no equilíbrio entre o rural e o urbano
Saber que uma música não é ruim só porque você não entende
Ou não escreveria
Saber que as diferenças diferença faria
Para sermos felizes um dia
Ser sustentável inevitável seria
Se não fôssemos insuportáveis
E sem uma doce rebeldia...


É mais que preciso fazer diferente!
Nem que seja apenas para lembrar
Que apesar de tudo
Não somos como essa gente!




4 comentários:

HSLO disse...

Maravilhoso texto...e não somos realmente como essa gente...tudoooooooooo.

abraços
de luz e paz


Hugo

Zélia Guardiano disse...

É, Rodrigo querido...
Tem vez que dá vontade de transgredir...
Eu, que sou muito "quadrada"(expressão que se usava na minha juventude), de vez em quando coloco mais um brinco na orelha, mas inflama...rs...
Outra vezes, uso uma blusa com mangas de cores diferentes(uma da outra...)rs...
Muita vezes pintei mechas de cores vivas nos cabelos...( mas agora tenho meus cabelos absolutamente brancos , naturais...)
Não sei praticar a mais leve transgressão, mas gostaria...
Sou mais ou menos infeliz por isso...
Muito bom o seu texto!!!
Grande abraço...

Marcio Nicolau disse...

"nadando contra a corrente só pra exercitar"

Depois veja:
http://espacointertextual.blogspot.com/2010/06/facil.html

carol sakurá disse...

Aprendendo nas diversidades e nas 'bios'...rs.
Beijos e feliz aniversário!