quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Uma arte (Elizabeth Bishop)

Um beijo onde quer que esteja!






Uma arte
Elizabeth Bishop
Tradução de Rodrigo Braga
Não é difícil dominar a arte de perder;
tantas coisas parecem feitas com a intenção de serem perdidas
Que ao perdê-las não chega a ser nenhum desastre.

Perca algo a cada dia.
Aceite o susto da novela das chaves perdidas,
E as horas desperdiçadas.
Não é difícil dominar a arte de perder.

Pratique perdendo mais rápido mil coisas mais:
lugares, nomes, e para onde mesmo ia viajar?
Nenhum desastre.

Perdi o relógio de minha mãe.
E veja só, das três casas que mais amava
A última ou a penúltima acabou perdida.

Não é difícil dominar a arte de perder.
Perdi duas cidades, eram maravilhosas. E,
pior, alguns domínios que tive, dois rios, um
continente. Sinto sua falta, mas não é um desastre.

- Até perder-te a ti (a voz que ria, um ente
amado), mentir não posso. É evidente:
Não é difícil dominar a arte de perder
embora nesse caso pareça - escreva! - um desastre.

16 comentários:

Ricardo Valente disse...

muito lindo!
(fechou bem com a voz da renata sorrah)

nouvelles couleurs - vienna atelier disse...

ola Rodrigo! Gostei muito este post, obrigado!

Aline disse...

Lindo demais....Refinada arte!
Sempre uma bela surpresa passear pelo seu espaço!
Beijo Grande!

nathchochang@poemas disse...

Lindo demais!!!! =( Realmente é difícil perder uma pessoa querida....

Cris de Souza disse...

Não perdi tempo em te ler.

Apreciado!

Zélia Guardiano disse...

Lindo demais, meu querido Rodrigo!
Ah, tivesse eu, a capacidade de incorporar essa arte...
Pensou como a vida seria mais fácil, mais agradável?
Adorei est post, amigo!
Aliás, sou sempre sua fã de carteirinha...
Abraço apertado!!!

Franck disse...

Encontrar Bishop e Bethânia por aqui, não teria como parar e ficar na sua casa virtual...
Sigo-o, para saber voltar! Abçs!

Rodrigo Braga disse...

Ricardo, obrigado pela visita e volte sempre!

Rodrigo Braga disse...

Uma visita de Viena é uma honra!

Rodrigo Braga disse...

Aline, fico feliz em te surpreender e mais ainda pela vista!

Rodrigo Braga disse...

Natália, difícil mesmo perder uma pessoa amada. Obrigado!

Rodrigo Braga disse...

Cris, nem eu ao ver seu comentário! obrigado pela visita e volte sempre!

Rodrigo Braga disse...

Zélia, muito obrigado pelas palavras. A vida seria mais fácil sim, embora como disse Bishop, a vida nos treina para isso. Aprender são outros quinhentos ou milhões!

Rodrigo Braga disse...

Frank, obrigado pela visita e volte sempre!

Zélia Guardiano disse...

Cadê você, Rodrigo?
Estou sentindo sua falta...
Tudo bem?
Abraço apertado

carol sakurá disse...

Passando pra desejar uma bela quarta-feira!
Abs!